Para o Brasil, marca a revolta civil mais longa da sua história, que durante 10 anos – conhecido como o Decênio Heroico (1835-1845) – teve como cenário o Rio Grande do Sul, sendo por isso a data mais importante do calendário desse estado.

Assim, O Dia do Gaúcho consiste numa homenagem a um dos episódios históricos mais importantes para a comunidade gaúcha.

A data ganhou maior destaque e comemoração a partir do momento em que foi decretado feriado no Rio Grande do Sul, de acordo com o Decreto estadual nº 36.180, de 18 de setembro de 1995.

O que foi a Revolução Farroupilha?

A Revolução Farroupilha foi uma revolta regional contra o Governo Imperial do Brasil, na qual os revoltosos queriam se separar do Império do Brasil. Recebeu este nome por conta dos farrapos que seus participantes vestiam. Após ser feito um acordo de paz entre as partes envolvidas, a revolução chegou ao fim em 1º de maio de 1845.

Semana Farroupilha

A comemoração da Semana Farroupilha é um tributo à cultura e aos valores defendidos pela Revolução que, mesmo após 200 anos, ainda permanecem atuais. A Revolta motivou uma série de outras revoluções pelo Brasil com o mesmo objetivo de tornar o país uma república, podendo escolher seus governantes e ter poder sobre a decisão do que acontece no seu estado e município.

A valorização da história da Revolução começou com o Grupo dos Oito — Foto: Divulgação | Semana Farroupilha

A valorização da figura do homem do campo, que se sacrificou pela liberdade do seu país, vem à tona na Semana Farroupilha. Enaltecer a bravura de um povo, através de manifestações culturais como a música, o teatro e as artes visuais, traz uma fagulha de esperança a qualquer cidadão que conhece sua história.

O Dia do Gaúcho está incluído na Semana Farroupilha, uma celebração da cultura e das tradições gaúchas, que ocorre anualmente entre 13 e 20 de setembro, no estado brasileiro do Rio Grande do Sul, e é a maior festa popular do estado.

Tradicionalmente, durante o evento, são organizadas festas nos CTG’s (Centros de Tradição Gaúcha) que ressaltam os costumes típicos deste povo, como a culinária, vestimentas, danças e apresentações musicais. Também, é o momento de exaltar a história e através de palestras e espetáculos relembrar o que aconteceu no Decênio Heroico (1835-1845).

Da redação com Gshow e Calendarr

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES