AmI_FQX_O9Ug5eWv3cJN4NvrX47IdHqxCy2xiWaBueSc-300x169

Um vigilante de 54 anos foi encontrado morto com sinais de tortura numa área pertencente a  Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa), do Governo do Estado, na manhã desta quinta-feira (17) em Sapé, na Mata paraibana. A vítima estava amarrada e com uma faca cravada no pescoço.

Sebastião Guilhermino de Souza era funcionário do local e o crime aconteceu numa residência cedida pelo órgão.

De acordo com a Polícia, os outros funcionários do local que encontraram o corpo.

Segundo o capitão Amorim, da Polícia Militar, a localidade e afastada e ninguém sabe informações sobre o crime. “É um local, ermo, e difícil de fazer segurança porque o local é fechado”, disse.

A Polícia aguarda a chegada da Perícia, de João Pessoa, que fará a remoção do corpo.

 

Nordeste 1