Após discussão acalorada entre deputados, o Plenário da Câmara abriu caminho para a aprovação da proposta que anistia o crime de caixa dois eleitoral cometido até o início da vigência da nova lei.

Por 312 votos favoráveis, 65 contrários e duas abstenções, os parlamentares aprovaram regime de urgência para a votação do projeto de lei que estabelece medidas contra a corrupção. Um acordo costurado por quase todos os partidos prevê a inclusão de uma emenda livrando da punição políticos acusados de não declarar à Justiça eleitoral valores arrecadados ilegalmente em campanha eleitoral. 

Com isso, o pacote será votado em instantes. Veja como cada deputado votou:

André Amaral (PMDB) – Sim

Hugo Motta (PMDB) – Sim

Aguinaldo Ribeiro (PP) – Sim

Wellington Roberto (PR) – Sim

Luiz Couto (PT) – Não

Wilson Filho (PTB) – Sim

 

Fonte: Blog do Gordinho Com Congresso em Foco