A parceria entre os Correios e o Banco do Brasil para a prestação de serviços financeiros, que vence em 2 de dezembro, não será renovada.

As empresas negociaram a extensão do contrato do chamado Banco Postal, mas a falta de um acordo já colocou os Correios em busca de um novo parceiro, noticia o jornal Valor Econômico.

Pelas regras, consórcios formados por duas instituições financeiras poderão participar da licitação.

O contrato terá prazo de dez anos.

FONTE: Paraiba Online