Screenshot_2015-11-25-01-01-34-1A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Guarabira, órgão do Governo do Estado da Paraíba, deve R$ 52.000,00 (cinquenta e dois mil reais) de alimentação ao restaurante Boteco Carioca. A revelação acerca do débito foi feita pelo empresário conhecido por “Anselmo do Bolo”.
Anselmo contou aos apresentadores do programa Hora da Notícia (GBA FM) que o Boteco, gerenciado por João Pontes Uchôa, forneceu alimentação (quentinhas) para a UPA de Guarabira por um bom período, mas, por àquela unidade atrasar o pagamento, o responsável pelo restaurante denunciou o caso nas redes sociais e a quitação do débito total foi cancelada pelo diretor da unidade, empresário Gilson Cândido.
A informação, segundo Anselmo, é a de que João Uchôa bateu forte no presidente do PSB de Guarabira, radialista mariense Célio Alves, dizendo que o mesmo anda fazendo coisas sem que Ricardo Coutinho tenha conhecimento, por isso a Ala Girassol vai afundar.
Em certo momento do áudio (mostrado por Anselmo), veiculado no grupo “Guarabira Politizada” do WhatsApp, o responsável pelo Boteco Carioca faz sérias denúncias contra Célio Alves, dizendo “ser preciso a intervenção de João Rafael junto ao govenador, senão o barco (Ala Girassol) vai naufragar antes do tempo”.
Anselmo chegou a dizer que, quando Célio Alves tomou conhecimento dos áudios com a voz do gerente do restaurante, mandou cancelar o pagamento do débito.
A informação é que João Uchôa vai procurar os meios legais para receber o dinheiro.
A editoria de Fato a Fato põe o e-mail do editor (jornalistaasantos@gmail.com) para o contraditório.
Via – Fato a Fato