164181,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Ele havia sido detido na manhã deste sábado, após agredir namorada em uma festa.

Um estudante universitário de 20 anos foi encontrado morto na tarde deste sábado (14) dentro de uma das celas da Central de Polícia Civil, em João Pessoa. O rapaz achado morto é Eduardo Mateus Barreto Batista, que foi preso e enquadrado na Lei Maria da Penha.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública da Paraíba, o jovem foi preso na manhã deste sábado após ter agredido a namorada em uma festa de uma universidade de João Pessoa.

Ele foi preso em flagrante e enquadrado na Lei Maria da Penha. Após horas recolhido na cela, os policiais foram informados sobre a morte dele. A suspeita inicial é de que o jovem tenha se enforcado com um cinto.

De acordo com o superintendente da Polícia Civil da região metropolitana de João Pessoa, Marcos Paulo, foi aberto um procedimento administrativo para saber se houve negligência por parte dos policiais que fazendo a segurança da carceragem. Também foi aberto um procedimento policial para investigar se houve crime. Caso haja indícios, um inquérito policial será instaurado.

Peritos do Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa foram acionados para o local. O delegado plantonista Isaias Olegário requisitou exames toxicológicos na vítima. O corpo foi levado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa.

Fonte: Portal Correio