aebc6511d820151019070105A greve da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) pode terminar em breve. É que nesta segunda-feira (19), o reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Rangel Junior, se reuniu, com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior do Estado da Paraíba (SINTESPB-UEPB), e tratou sobre pauta interna de reivindicações dos técnicos administrativos da Instituição.

O encontro serviu para ampliar as discussões em torno de alternativas para o fim da greve da categoria e, nela, foram abordadas questões referentes aos auxílios alimentação e saúde, turno contínuo, licença para capacitação, edital de remoção, realização de concurso público, combate a assédio moral, entre outros pontos, conforme pauta apresentada pelo Sindicato.

Rangel Junior informou que o valor do auxílio alimentação será reajustado de acordo com a inflação deste ano, levando em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro a dezembro de 2015, e pago a partir de janeiro de 2016. Sobre o auxílio saúde, ficou definida a elaboração de um levantamento para formatação de proposta indicando sugestão de valor e data de implantação.

A respeito do turno contínuo, o reitor garantiu que será instituído, de imediato, um grupo de trabalho, com dois representantes indicados pelo SINTESPB-UEPB, para realizar um estudo conclusivo de viabilidade por setor, levando em consideração o tipo de serviço prestado e a natureza da função, e formatar proposta que será apresentada ao Conselho Universitário (Consuni) para implantação do expediente corrido, a partir de janeiro de 2016.

Também ficou estabelecido que a Universidade irá promover campanha interna e definir um programa de combate ao assédio moral na Instituição, bem como concluir a proposta de criação do Código de Ética para espelhar a conduta profissional na UEPB, com foco na educação para a função pública. Em relação à licença para capacitação, será formatada uma minuta de Resolução que será apresentada ao Consuni, para disciplinar os processos de afastamento dos técnicos administrativos com fins de qualificação profissional.

O documento com todas as propostas da Reitoria será apresentado na assembleia marcada para a próxima quarta-feira (21).

Com informações da assessoria

Via – Tambaú 247