Foi aprovado na sessão de hoje do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) o pedido de tropas federais para garantir o primeiro turno das eleições em Campina Grande. A solicitação havia sido feita ao TRE pelas juízas Ana Christina Soares Penazzi (16ª Zona Eleitoral), Ana Amélia Andrade (17ª Zona Eleitoral), Érica Tatiana Soares (71ª Zona Eleitoral) e Adriana Barreto Lóssio (72ª Zona Eleitoral).

A relatora do pedido, o primeiro deste tipo feito nestas eleições na Paraíba, foi a desembargadora Maria das Graças Morais Guedes.

“As juízas eleitorais salientaram que a presença ostensiva do Exército no período eleitoral tem se revelado de suma importância para a prevenção dos crimes eleitorais e para o reforço da segurança do pleito”, afirmou a magistrada.

De acordo com ela, o governador Ricardo Coutinho, ao ser ouvido sobre o pedido, disse que não tinha qualquer objeção. Para ele, a vinda das tropas federais vai se somar ao esforço previsto no planejamento elaborado e encaminhado ao tribunal pela secretaria de Segurança do Estado.

A decisão sobre o envio de tropas federais a Campina Grande caberá ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas em pleitos anteriores a Rainha da Borborema contou com o reforço, devido ao grau de acirramento entre os grupos políticos, costumeiramente registrado na cidade.

Mais quatro municípios do Sertão da Paraíba podem ter a presença de tropas federais para auxiliar na segurança das eleições de 2016 para prefeito e vereador. A juíza substituta da 32ª Zona Eleitoral, Vanessa Moura Pereira de Cavalcante, solicitou reforço para Piancó, Emas, Catingueira e Olho D´Água, no Sertão paraibano. A solicitação ainda será apreciada pelo TRE paraibano.

Fonte: ParlamentoPB