thiago-silva-vai-as-lagrimas-apos-marcar-o-gol-da-classificacao-do-paris-saint-germain-contra-o-chelsea-1426112932358_615x300Herói da classificação do PSG às quartas com uma cabeçada decisiva na prorrogação, Thiago Silva atacou José Mourinho após o 2 a 2 que eliminou o Chelsea. Em entrevista ao L’Equipe, da França, o zagueiro criticou a postura do técnico português antes do início da eliminatória.

“Esse gol não é uma vingança pessoal, mesmo que algumas pessoas tenham falado demais, dizendo que estavam felizes de encarar o PSG [no sorteio]. Eu acho que Mourinho não teve respeito suficiente por nós”, disse Thiago Silva.

A provocação ao clube francês, curiosamente, não partiu de Mourinho. Em dezembro do ano passado, quando a Uefa sorteou as oitavas, David Barnard, diretor do Chelsea, minimizou a dificuldade do confronto que acabou eliminando os ingleses.

“O irônico é que ele queria enfrentar o PSG. Ele acha que é um deslocamento mais acessível em termos de viagem e logística”, disse o cartola, irritando os franceses.

A eliminação do Chelsea, em casa, foi sofrida. Depois de um 1 a 1 emocionante no tempo normal, Thiago Silva cometeu um pênalti bobo e fez o gol da vitória de cabeça.

“Foi incrível. Eu estou muito feliz pelo nosso time. A Liga dos Campeões é o nosso objetivo. Quando jogamos assim, tudo é possível. Nós podemos ir muito longe, desde que a gente mantenha essa mentalidade”, completou o capitão do PSG.

 

UOL