Screenshot_2016-05-04-21-39-23-1
As contas de 2013 do ex-prefeito de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, Reginaldo Pereira da Costa, foram reprovadas pelo Tribunal de Contas da Paraíba, nesta quarta-feira (4). Com a decisão, foi imposto ao ex-gestor um débito de R$ 7.131.083,03 por saldo financeiro não comprovado e despesas também sem comprovação documental.
De acordo com o TCE, a decisão desta quarta-feira foi tomada de acordo com o voto do relator do processo, conselheiro Fábio Nogueira, e ainda cabe recurso.
Reginaldo Pereira foi afastado do cargo várias vezes pelos vereadores da cidade, teve o mandato cassado pela Câmara Municipal em 2014, retomou o mandato por decisão judicial, teve a cassação anulada pela Câmara Municipal, mas depois voltou a ser afastado do cargo. O último afastamento de Reginaldo Pereira da prefeitura aconteceu no dia 29 de setembro do ano passado, quando uma decisão do juiz Gustavo Procópio Bandeira de Melo, da 5º Vara Mista da Comarca de Santa Rita, determinou que Reginaldo Pereira deixasse a prefeitura.
Ainda nesta quarta-feira, a Corte aprovou as contas dos prefeitos de Santa Luzia (José Aldemir Pereira de Morais, 2013), de Mato Grosso (Raellyson Rodrigo Oliveira Monteiro, 2013, por maioria), de Areia de Baraúnas (Vanderlita Guedes Pereira, 2013) e as do ex-prefeito de Alcantil (José Milton Rodrigues, 2011, em fase de recurso). Também, houve aprovação às contas da ex-presidente da Câmara Municipal de Itapororoca, Elissandra Maria Conceição de Brito, exercício de 2014, neste último caso.
Fonte: G1PB