UEPB-Patos

Os servidores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) vão participar de uma assembleia nesta quarta-feira (28), para decidir se irão aceitar a proposta oferecida pela instituição ou se vão manter a paralisação.

Conforme o Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior da UEPB (Sintespb), neste encontro será apresentada a proposta de retorno às atividades para o dia 3 de novembro.

A pauta da assembleia foi disponibilizada no portal da instituição. Veja:

Amanhã teremos uma decisão importante para tomar:

1) – Aceitar a proposta oficializada pelo reitor através do OFGR 0258-SINTESPB e ENCERRAR A GREVE E RETORNAR AS ATIVIDADES;

2) – REJEITAR MAIS UMA VEZ A PROPOSTA E CONTINUAR COM A GREVE.

O SINTESPB através de sua diretoria encaminha o aceite e continuar a discussão principalmente o Orçamento de 2016 e a formulação da proposta de Campanha Salarial de 2016.

O momento será a oportunidade de avaliar as propostas e cabe uma decisão da categoria que é livre e deve ter o senso do que é melhor para este segmento.

Cabe o sindicato nesse momento orientar na construção de estratégias que surto efeito e abra os canais de diálogo e isso está fazendo durante esse 08 meses de greve.

Esta será a terceira vez que apresentamos um documento assinado pelo reitor e cabe à categoria decidir se o documento é suficiente ou não. A direção não interferirá e nem fará encaminhamentos que sejam diferentes do que for aprovado.

PROPOSTA A SER APRESENTADA PARA ENCAMINHAMENTO AMANHÃ

a) Volta às atividades no dia 03 de novembro com a aceitação da categoria as propostas enviadas ao reitor discutida pelo comando de Greve e aceitas já pelo reitor;

b) Escolha de 1 nome do Sintespb e outro da base para compor o GT, levando em consideração o estudo feito pela nossa comissão;

c) Divulgação dos relatórios parciais das discussões no GT;

d) Divulgação do cronograma de implantação de acordo com o fechamento das etapas de discussões;

e) Escolha de uma comissão para discutir as negociações em cima do orçamento 2016 na ALPB (Campanha Salarial 2016 e demanda administrativas).

Via – Portal Tambaú 247