48753
Bancadas do PMDB paraibano na Câmara Federal e no Senado já tinham decidido pelo voto favorável ao impedimento da petista. O PSDB segue a mesma orientação.

6543

Os três senadores da Paraíba anteciparam que vão votar pelo impeachment  da presidente Dilma Rousseff (PT). José Maranhão explicou que as bancadas do PMDB paraibano na Câmara Federal e no Senado já tinham decidido pelo voto favorável ao impedimento da petista. Segundo ele, a decisão está fundamentada na solidez das instituições nacionais e da Constituição Federal. Maranhão acrescentou que o momento atual exige sensatez e esforço dos parlamentares, a fim de proporcionar a retomada da estabilidade com a retomada do crescimento econômico do país. Na Câmara, os deputados federais peemedebistas Hugo Mota, Manoel Júnior e Veneziano Vital do Rêgo votaram  em sintonia pelo impeachment.
Por sua vez, o  senador Raimundo Lira (PMDB) lembrou que o partido teve a mesma conduta quando decidiu pelo desembarque do governo: uma decisão unânime e antecipada. “Nas duas oportunidades, quando decidimos desembarcar do governo e quando decidimos pela posição favorável ao impeachment, as decisões foram tomadas de forma antecipada e unânime”, comentou.
Lira confirmou que o placar da votação na Câmara, com 367 votos favoráveis ao impeachment, ficou dentro da expectativa do PMDB Nacional, que previa uma vitória a partir de 360 votos ‘sim’. “Da mesma forma acreditamos que o impeachment será aprovado no Senado, em favor do que anseia a maioria do povo brasileiro”.
O senador Cássio Cunha (PSDB) projeta que a primeira votação deverá ocorrer na primeira semana de maio. “Sou a favor do impeachment da presidente porque ela cometeu crime de responsabilidade”, justifica o tucano. Na Câmara, o único deputado do PSDB, Pedro Cunha Lima, também votou pelo impedimento de Dilma Rousseff.
Fonte: Jornal da Paraíba
CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES