Um adolescente de 17 anos, suspeito de ser o autor do disparo que matou a Universitária Meirylane Thaís da Silva, 19 anos, assassinada com um tiro durante um assalto ocorrido no início da noite da última quarta-feira, no Centro de João Pessoa, se apresentou acompanhado da mãe na noite desta sexta-feira, 17, na Central de Policia Civil, no bairro do Geisel.

Após a detenção de um dos acusados, que confessou ter sido o piloto da moto, o segundo adolescente também de 17 anos, preferiu se apresentar na companhia de sua genitora.

O caso – Meirylane Thaís era natural da cidade de Itabaiana, no Agreste da Paraíba, a 89 km da Capital, e estudava em uma faculdade particular de João Pessoa. Antes do crime, ela havia chegado em um ônibus e estava se dirigindo para uma padaria para lanchar com uma colega quando foi abordada pelos criminosos.

 

Durante a abordagem, a universitária teria se negado a entregar pertences aos bandidos e foi baleada por um deles, morrendo ainda no local do crime, nas proximidades da instituição de ensino que frequentava. A amiga da vítima conseguiu correr e se proteger durante a ação.
Fonte: WSCOM com Portal Correio