Screenshot_2016-02-29-19-33-08-1Governador afirmou que a suspensão da data-base será temporária e que pretende cumprir com a obrigação que construiu.
O governador Ricardo Coutinho afirmou na manhã desta segunda-feira (29) que a edição da Medida Provisória 242, que suspende os efeitos da data-base dos servidores, é questão de responsabilidade devido à situação financeira do estado.
O governador enfatizou que apesar de ter criado a data-base no estado, “por força das circunstâncias, estou tendo temporariamente que suspender os efeitos até uma melhoria no cenário”.
Ricardo afirmou que a suspensão da data-base será temporária e que pretende cumprir com a obrigação que construiu. “Eu não posso brincar de dar reajuste e depois não pagar”, declarou.
O governador destaca que a prioridade do Estado é o pagamento da folha. De acordo com ele, oferecer um reajuste aos servidores sem condições de pagar, é um ato irresponsável.
Ainda na tarde desta segunda-feira (29), a Assembleia Legislativa irá realizar uma audiência pública reunindo representantes do Estado além de vários setores da sociedade e servidores estaduais para debater a Medida Provisória.
Via – Click PB