Screenshot_2016-03-17-20-03-09-1
A concentração acontece a partir das 14 horas, nas proximidades do Liceu Paraibano (Foto: Divulgação)
O ato é uma contraofensiva dos petistas contra as manifestações realizadas no último fim de semana.
O PT e entidades sindicais ligadas ao partido  vão às ruas de João Pessoa nesta sexta-feira (18) em defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, nomeado hoje ministro Chefe da Casa Civil, e contra o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
O ato da Frente Popular Brasil é uma contraofensiva às manifestações realizadas no último fim de semana que reuniu na Capital paraibana mais de 10 mil pessoas.
De acordo com o presidente estadual do PT e pré-candidato a prefeito da Capital, Charliton Machado, a ‘marcha’ de amanhã é um chamado de paz e pela democracia. “Nós vamos pras ruas. Não é ficando em casa temendo, com medo daquilo”.
Ainda segundo Charliton, o PT vai às para dizer que uma grande parcela da população não está satisfeita com a narrativa que está sendo construída pela ‘mídia golpista’.
A manifestação também é para protestar contra a atuação do juiz Sérgio Moro, em suas ações a operação Lava Jato. “O juiz está extrapolando seu papel jurídico e por uma polícia federal que está perdendo o rumo e o foco de seu papel em um estado democrático”, disse o petista.
Ao ser indagado sobre as chamada de carros de som supostamente contratados pelo PT convocando a população para participar do ato com a informação de que a manifestação seria também contra o fim do bolsa família, do Minha Casa, Minha Vida, do Pronatec e outros programas sociais implantados pelo PT, Charliton não respondeu.
A concentração do ato público do PT acontece a partir das 14 horas, nas proximidades do Liceu Paraibano, centro de João Pessoa.
Fonte:Click PB