Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

Uma decisão inusitada da Câmara Municipal de Água Branca, município do Sertão Paraibano, pegou os moradores do local de surpresa. Os vereadores da cidade decidiram reduzir o próprio salário para apenas um salário mínimo. A decisão ocorreu nesta última sexta-feira (17) a partir do projeto de resolução apresentado pelo vereador Eilsom do Carmo Lima.

De acordo com o projeto, os parlamentares da cidade irão receber um subsídio mensal no valor correspondente a um salário mínimo, com exceção do presidente da casa, que será no valor de dois salários mínimos.

Ainda está previsto no projeto que “a ausência de vereador na ordem do dia de sessão plenária ordinária ou extraordinária, sem justificativa legal, determinará um desconto de 10% em seu subsídio”.

Fonte: Clicm Picuí com Jornal Correio