professores-da-ufpb-discutem-indicativo-de-greve-dos-servidores-publicos-federaisDe acordo com a ADUFPB, os professores vão participar de uma reunião para iniciar discussões sobre uma greve geral que pode ser realizada em instituições federais de ensino em todo o Brasil.

Os professores da Universidade Federal da Paraíba dos campus de João Pessoa e do Litoral Norte, que abrange Mamanguape e Rio Tinto, vão paralisar as atividades e realizar mobilizações nesta quarta-feira (24).

A paralisação foi definida durante assembleia da categoria realizada no dia 16 deste mês, mas não abrange os campi de Areia e Bananeiras.

Na Capital, além da paralisação das aulas, os professores vão participar de um café da manhã na entrada do prédio da Reitoria; se reunir e discutir assuntos sobre uma possível greve geral em todo o Brasil; e realizar um protesto em frente à entrada do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da instituição.

Segundo o presidente da Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba (ADUFPB), Marcelo Sitcovsky, as instituições federais de ensino vão realizar protestos por não concordarem com as propostas adotadas e apresentadas para a educação pelo governo federal.

Fonte: Portal Correio