Um professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) é suspeito de usar diplomas falsos para comprovar seu currículo. Segundo as primeiras informações da Polícia Federal, ele atuava há dez anos na instituição. A casa dele no bairro de Miramar foi alvo de investigação.

Correção: Esta reportagem errou ao informar que o professor tinha sido preso preventivamente. A informação foi corrigida pela Polícia Federal e editada às 13h35).

Todos os diplomas foram recolhidos durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na segunda-feira e seguiu para perícia na segunda-feira, o professor foi afastado de sala de aula pela universidade e preso preventivamente.

A UFPB informou por meio de sua assessoria que foi informada da investigação sobre a falsificação de documentos por parte do professor ainda na segunda-feira. De acordo com a assessoria, o processo foi encaminhado para o procurador da UFPB e uma medida administrativa foi iniciada na Reitoria de Gestão de Pessoas.

De acordo com a UFPB, a medida administrativa foi tomada para que a relação profissional do suspeito seja suspensa até a situação ser esclarecida. A investigação criminal corre em segredo de justiça, por isso a UFPB não passou informações sobre o suspeito ou o curso ao qual ele é vinculado.

Fonte: PBHoje, com G1PB