Os jovens universitários de Araçagi, ainda sofrem com a falta de transporte para se deslocarem até às instituições as quais frequentam, essa “celeuma dos transportes” com é chamada por alguns, já vem se arrastando por mais de um mês, quando o prefeito de Araçagi, Murilio Nunes, anunciou que por problemas financeiros a prefeitura não teria condições de arcar com a despesa do aluguel dos ônibus.
Cerca de 120 universitários estão prejudicados com essa medida que foi adotada, grande parte desses estudantes são bolsistas dos programas FIES e ProUni do governo federal e correm risco de perderem suas bolsas, caso não consigam ir as aulas. Procurado algumas vezes pelos jovens o prefeito foi firme em suas palavras ao dizer que não teria como custear os transportes pelo menos por um tempo.
Não é de hoje que a classe universitária araçagiense sofre com esse problema de transporte, em gestões anteriores os ônibus que faziam o transporte desses jovens eram completamente sucateados; alegando não ter intenções de por em risco a vida de ninguém, o atual prefeito achou por bem não liberar os ônibus do município (amarelinhos) para que fizessem esse trabalho, justamente por estarem sem condições alguma de trafegar com segurança.
Nos últimos dias as redes sociais (facebook, instagran, whatsapp etc) foram inundadas por reivindicações dos estudantes, onde cobram o retorno imediato do transporte, alguns alegam que foi promessa de campanha, outros que não precisa ser de luxo basta ter um ônibus. São as mais diversas formas de reivindicar, alguns afirmam que terão que trancar seus  cursos e ir embora da cidade, por não ter condições de pagar um transporte, e as criticas vão além da administração são também para os próprios universitários que mesmo já tendo se manifestado agora estão acomodados, segundo algumas publicações.
No ultimo dia (22/02), o secretario de comunicação da prefeitura esteve prestando esclarecimentos a população na rádio comunitária Marmarau FM e ao ser perguntado por um ouvinte de quando esse problema seria resolvido ele afirmou que “na próxima quarta-feira (01/03), teremos uma resposta de quando isso será resolvido”, contudo até o fechamento desta matéria ninguém da atual administração veio a publico esclarecer como e quando será resolvido esse problema.
O Portal Araçagi está aberto para que alguém da administração  que assim desejar possa dar a versão oficial da Prefeitura sobre o caso.
Veja algumas postagens feitas pelos estudantes:

 

 

Da Redação