Presidente do PSL, partido de Bolsonaro, diz que sigla apoiará Maia para presidência da Câmara

0

O presidente do PSL, o deputado federal eleito Luciano Bivar, disse ao blog nesta quarta-feira (2) que a bancada fechou apoio à reeleição de Rodrigo Maia na disputa pela presidência da Câmara.

“Estive com ele hoje, e ele se comprometeu a nos indicar para a presidência da Comissão de Constituição e Justiça”, afirmou.

Bivar disse que Maia também se comprometeu a entregar ao partido a presidência da Comissão de Finanças e Tributação, além de um espaço na Mesa Diretora – a segunda vice-presidência.

Com o apoio da bancada do PSL, que elegeu mais de 50 deputados em outubro, Maia praticamente se torna favorito para a disputa em fevereiro. Ele conta também com o apoio da esquerda e dos partidos do chamado “Centrão”.

Em conversas recentes, Maia reforçou junto a generais do governo Bolsonaro que sua agenda dos próximos dois anos – se reeleito – será exclusivamente econômica e que vai priorizar a reforma da Previdência – pauta que vem discutindo com Paulo Guedes, ministro da Economia.

Nesta terça-feira, perguntado pelo blog se a reforma passa na Câmara dos Deputados no primeiro semestre, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), respondeu: “A gente não sabe ainda nem os termos da reforma da Previdência”, disse.

A expectativa da equipe econômica é discutir com Jair Bolsonaro na reunião ministerial desta quinta-feira o texto da proposta, a ser fechado e apresentado no final de janeiro.

Eduardo Bolsonaro defende que “quando sair a reforma”, o governo feche junto um plano de comunicação para explicar os detalhes para a sociedade.

“Se você não explanar de maneira correta a reforma da Previdência, a gente sabe que o pessoal que vai fazer de tudo para travar o governo, vai rodar o Brasil falando mentiras. Quando sair a reforma, teremos de estar com tudo afiado para esclarecer o povo”, declarou.

Fonte: G1 com Blog da Andreia Sadi

Share.

Comments are closed.