Elizabeth foi condenada a 16 anos de prisão (Foto: Divulgação-PC)

Foi presa nesta sexta-feira (7) Elizabeth Cavalcante Feitosa de Brito, 55 anos. Ela estava foragida desde 2012, quando foi condenada a 16 anos de prisão pelo 1º Tribunal do Júri, por ter encomendado a morte de seu marido, Edilson Lucas de Barros.

O crime aconteceu em 2002, no bairro de Manaíra, em João Pessoa, e contou a participação de outras pessoas. No dia do homicídio, Elizabeth caminhava pela Av. Guarabira com a vítima, quando os dois foram abordados pelos executores simulando um assalto.

Elizabeth residia em Guarabira foi presa por agentes da 2ª Delegacia Distrital daquela cidade que chegaram até a foragida da Justiça quando investigavam uma ligação anônima feita para o Disque Denúncia da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Sesds). 

Elizabeth Cavalcante Feitosa Brito foi ouvida e encaminhada para a carceragem da Central de Polícia, em João Pessoa. Ela está aguardando audiência de custódia. Ela será levada para o Presídio Feminino Julia Maranhão no bairro de Mangabeira.

Fonte: ClickPB

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES