Imagem via facebook
Imagem via facebook
Nesta última terça-feira (23), os profissionais da educação, representados pelo Sindicato dos Professores da rede municipal de ensino, na pessoa da Sra. Presidente, Ida Maria de Jesus, estiveram reunidos na prefeitura municipal de Araçagi, deliberando sobre a obrigação, até agora não cumprida, por parte do poder público municipal em cumprir o que é do professor por direito, o reajuste do piso nacional que sofreu um aumento de 11,36% a partir janeiro de 2016.
Após horas de tentativas frustradas dos professores em buscarem através do diálogo e bom senso, resolver esse imbróglio, enfim o poder executivo apresentou a sua proposta, porém, nada que viesse a animar os profissionais da educação.
Segundo o que foi publicado em seu perfil na rede social nesta terça-feira (23), o Secretário de Administração, Sérgio Pereira, informou que o poder executivo apresentou uma proposta de 5%, inclusive, segundo o mesmo, vindo a ser pago já no mês de Fevereiro.
Essa proposta parece, de fato, não ter deixado o sindicato e a todos os professores presentes, nada satisfeitos.
Na próxima quinta-feira (25), a presidente do sindicato dos professores, Ida Maria de Jesus, irá realizar uma assembléia com a categoria para deliberarem sobre o próximo passo a ser dado, inclusive, não descartando a possibilidade de uma paralisação.
 Lembramos ainda, que os professores não exigem aumento de salário, apenas o que é seu por direito, o reajuste do piso nacional em um percentual de 11,36% para 2016.
Estiveram presentes várias autoridades, dentre eles professores, secretários e o chefe do poder executivo, o Sr. José Alexandrino Primo, prefeito constitucional.

 

 

Da Redação/Portal Araçagi
Imagens via facebook