lidianeleiteA promotora Karina Freitas Chaves, à frente das investigações sobre desvios de recursos da educação de Bom Jardim, no Maranhão, afirmou que nenhum processo de licitação foi encontrado nos arquivos da Prefeitura da cidade. A sede do Executivo foi alvo de busca e apreensão na quinta-feira, 20. A prefeita Lidiane Rocha (PP-MA) é suspeita de fraudes em licitação e desvio de recursos de merenda escolar. Ela está foragida há cinco dias.

“Há fortes indícios de que mais de R$ 15 milhões foram desviados da educação de Bom Jardim no ano de 2014″, afirmou a promotora ao programa de rádio do Ministério Público do Maranhão, Estação MP. “Na hora que desviam dinheiro público tiram não apenas o dinheiro do município, acabam com sonhos, acabam com esperança e isso não tem preço”, observa a promotora.

Fonte: ISTO É