DEUS FACEBOOKA tecnologia é um problema? A TV é prejudicial e aliena? Jogar videogames é algo destrutivo e que gera violência? Internet e Whatsapp destroem relacionamentos? Pokemon Go foi feito para matar os jovens?

Bom, nada disso aeh é ruim por si só (!) Vc pode digitar de forma informal num chat, desde que na vida real, tenha uma escrita correta, por exemplo. Ora, e se todo mundo que jogasse videogame ficasse retardado ou violento o mundo estaria destruído por eles. Na verdade, muitas pesquisas demonstram que jogos, internet e até redes sociais podem, e dão muitos frutos bons. Estimulam a inteligência, trazem autoestima e até evangelizam.

Veja, o avião foi criado como meio de transporte, mas, foi usado também na guerra para levar bombas. O Fusca foi criado como transporte militar alemão na guerra, mas, depois se tornou um carro muito popular. A Internet foi criada para espionagem e hoje, também é usada para coisas melhores. O que destrói relacionamentos são problemas não resolvidos e outros fatores do casal, ou do cônjuge, e não um aplicativo por si só. Afinal, a pessoa tecla daquilo que o coração tá cheio!

É a distração ao celular aliada ao vício, que podem levar a acidentes e mortes, não é o aparelho em si, um chat ou um jogo! Quanto a TV, ora, cabe a você saber usar seu controle remoto, e também sua sabedoria e discernimento para separar joio do trigo.

Você já deve ter recebido ou pelo menos visto, alguns posts no Facebook tipo: “Se adora Jesus, curte… se não, só olha” ou então “Facebook não é Igreja” e ainda “Compartilha essa corrente de oração, não quebre, e verás um milagre acontecer. Se quebrar, sofrerás uma desgraça…!” Não é? (rs)…

Bom, daí fica a questão: O que Deus tem a ver de fato com isso? As redes sociais podem ser usadas para falar sobre religião??? Bem, claro que não é porque o perfil lhe pertence, que você pode postar o que quiser (aliás é só emprestado rs). A Internet e o próprio Facebook deixam claro que há regras e limites sobre o que se posta. Pois, o perfil pode até ser seu, ou melhor, ter sido elaborado por você, mas, o Face ou qualquer outra rede social possui um criador, um fundador. Além das leis nacionais e internacionais sobre crimes na internet, o criador do site ou da rede aplica suas regras também. (haushausha)

Logo, é certo que Deus não tem, obviamente, uma conta em rede social alguma e nem site na internet (hehehe). No entanto, sim, Ele pode se usar dos que creem para que sua Palavra seja anunciada no mundo virtual. Até porque, todo esse mundo virtual é feito e utilizado por pessoas reais. Pessoas como quaisquer outras, que podem estar precisando ler, ver ou ouvir algo que as motive a continuar sua vida, mensagens que alimentem sua fé. Mesmo que já sejam pessoas de fé!

Sim, todos os meios de comunicação podem e devem ser usados para falar sobre fé, doutrina e moral. O Papa S. João Paulo II foi o primeiro Papa a acessar a Internet no início dos anos 2000. O PP Bento XVI foi o primeiro Papa a ter uma conta pessoal no Twitter em 2011. E o Papa Francisco deu início às teleconferências online no seu papado atual! Eis aqui um dos documentos dos Papas sobre o uso da Internet:

“Em todo o caso, quero convidar os cristãos a unirem-se confiadamente e com criatividade consciente e responsável na rede de relações que a era digital tornou possível; e não simplesmente para satisfazer o desejo de estar presente, mas porque esta rede tornou-se parte integrante da vida humana. A web está a contribuir para o desenvolvimento de formas novas e mais complexas de consciência intelectual e espiritual, de certeza compartilhada. Somos chamados a anunciar, neste campo também, a nossa fé: que Cristo é Deus, o Salvador do homem e da história, Aquele em quem todas as coisas alcançam a sua perfeição (cf. Ef 1, 10).”
(MENSAGEM DO PAPA BENTO XVI PARA O 45º DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS – Verdade, anúncio e autenticidade de vida, na era digital – 5 de Junho de 2011)

Sim, tudo chega a ser usado para o bem ou para o mau, por pessoas boas e pessoas más. Para as coisas de Deus ou para as coisas do diabo.

Então, tudo na vida é uma questão de bom uso e equilíbrio junto à administração do tempo.

Cristo não tem Facebook, mas, os cristãos têm. Então, falemos Dele as nações até os confins da Terra.

*Obs.: A escrita informal de linguagem virtual que usei um pouco aqui foi proposital.

admin-ajax-2

Professor com Graduação em Ciências da Computação