intermitente-2As polícias do estado da Paraíba e do Pernambuco estão em uma ação conjunta para capturar os acusados do sequestro e estupro de duas mulheres paraibanas. O crime aconteceu na noite do último sábado (20) no bairro dos Bancários em João Pessoa.

Glória da Silva, 42 anos, e Caroline Teles Figueira, 31, foram sequestradas no bairro dos Bancários, na capital paraibana, quando saiam de uma festa infantil. As duas foram levadas no carro junto com o bebê de uma das vítimas de apenas nove meses.

Elas foram violentadas pelos acusados. As duas foram rendidas por dois homens em uma moto que as obrigaram a dirigir o veículo em que estavam até a cidade de Goiana – PE, nas proximidades da fábrica da Fiat. Lá elas foram estupradas e uma morreu depois que os criminosos passaram por cima das vítimas com o carro.

O superintendente da Polícia Civil na Paraíba,  Marcos Paulo, disse em entrevista na tarde desta segunda-feira (22) que a sociedade pode aguardar a punição dos criminosos e que espera que eles estejam preparados para enfrentar a polícia.

– Esses criminosos serão punidos e esperamos que esses monstros estejam com a mesma disposição para enfrentar a polícia da mesma forma com que eles fizeram com esse crime bárbaro. A Polícia Civil se preocupou em prestar solidariedade à família das vítimas. Já formalizamos portaria pedindo três delegados para investigarem esse caso. O que é preciso é prender esses criminosos para então compreender a motivação – frisou.

Segundo Marcos, há uma interação entre as polícias dos dois estados na busca pelos suspeitos. Ele pediu que a população colaborasse com as investigações através do disque denúncia.

– Nós estamos trocando informações desde ontem. O delegado de Goiana estará aqui e o importante é que a gente uma forças para capturar esses criminosos. A gente pede a família que as informações que sejam passadas a polícia e quem puder nos ajudar ligue para o 197 – finalizou.

As declarações repercutiram na Rádio Correio FM

Fonte: Paraiba Online