jssj1

Um policial pulou da ponte estaiada da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, na noite desta terça-feira (3) durante um arrastão na Avenida Ayrton Senna.


O agente temeu ser reconhecido e morto pelos criminosos. Como mostrou o Bom Dia Rio, pelo menos sete pessoas tiveram os pertences roubados e um homem foi agredido. Ninguém foi preso.
 
A movimentação chamou a atenção de um motorista, que pegou o celular e fez algumas imagens de duas viaturas da PM tentando passar pelos carros parados na Avenida Ayrton Senna.
 
O chamado foi feito no fim da noite, quando criminosos faziam um arrastão no meio da ponte estaiada. Uma vítima, que preferiu não se identificar, disse que foi parada, roubada e ameaçada pelos criminosos.
 
“Um deles era assim, o mais agressivo. A todo momento ele falou: você vai morrer, você vai morrer se a gente achar alguma coisa de valor eu vou te matar”, contou a vítima.
 
Depois de assaltar a motorista, os bandidos começaram a abordar outros carros. Uma das vítimas levou uma coronhada na cabeça e precisou ser atendida no Hospital Lourenço Jorge.
 
Um policial militar também acabou se ferindo. Ele parou o carro quando percebeu que logo à frente estava acontecendo um arrastão e pulou da ponte. A farda dele estava guardada no banco de trás e ele disse que achava que seria morto se os bandidos descobrissem.
 
Um motociclista que, segundo testemunhas parou para ver a ação dos bandidos acabou sendo atingido por um táxi e também teve que ser levado para o hospital.
 
Segundo a polícia, antes de fechar a ponte estaiada, os quatro bandidos assaltaram em outro ponto da avenida Ayrton Senna, perto do shopping Via Parque. Os criminosos fugiram em direção ao bairro de Jacarepaguá, também na Zona Oeste.
G1.com