Pelo menos 33 presos morreram na madrugada desta sexta-feira na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior de Roraima. Em nota divulgada hoje pela manhã, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) informou que o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e a Polícia Militar (PM) estão na unidade que fica na zona Rural de Boa Vista, e que a situação está sob controle. Ainda não foi divulgado detalhes sobre o novo massacre que aconteceu apenas cinco dias após uma briga entre facções criminosas deixar 56 detentos mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.

Segundo o presidente do sindicato dos agentes penitenciários, Lindomar Sobrinho, houve uma briga entre PCC e simpatizantes do CV.

– Quem domina lá é o PCC – explicou.

Segundo Lindomar, o presídio tem cerca de 1.500 detentos e no momento do massacre havia 15 agentes penitenciários de plantão.

Veja a nota do governo na íntegra:

A Secretaria de Justiça e Cidadania informa que nesta madrugada (dia 6) foram registradas 33 mortes na Pamc (Penitenciária Agrícola de Monte Cristo).

Esclarece que a situação está sob controle e que o Bope (Batalhão de Operações Especiais) da PMRR (Polícia Militar) está nas alas do referido presídio.

Via – ClickPB

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES