futebol_1
Rodada decisiva do campeonato estadual teve cinco confrontos. Jogos foram nervosos do Litoral ao Sertão da Paraíba.
Este domingo (27) foi de rodada decisiva no Campeonato Paraibano 2016. Dos 10 times que entraram em campo, seis lutaram pela classificação para a próxima fase. Conseguiram o passaporte para o mata-mata Botafogo, Campinense, CSP, Paraíba de Cajazeiras, Sousa e Treze. Atlético de Cajazeiras, Santa Cruz de Santa Rita, Auto Esporte e Esporte de Patos se enfrentam no quadrangular da morte para evitar o rebaixamento. Veja, abaixo, como foram os jogos deste domingo.
Botafogo x Auto Esporte
O Botafogo-PB entrou em campo apenas para cumprir tabela, pois já havia garantido sua classificação com várias rodadas de antecedência. Já o Auto Esporte precisava vencer para garantir uma vaga na próxima fase. Porém, o time falhou nessa missão e viu o alvinegro abrir dois gols de vantagem nos primeiros 30 minutos de partida, com Warley, de pênalti, e Pingo. No início do segundo, Isac Buiú diminuiu para o Auto, em cobrança de pênalti. Mas o dia era mesmo do Botafogo. Aos 16 minutos, Jefferson fez o terceiro do Belo. E aos 31, em mais um pênalti, Marcinho fez o quarto do alvinegro. Nos acréscimos, virou passeio no Almeidão, com mais um gol de Marcinho.
Campinense x Treze
Assim como Botafogo, o Campinense já tinha vaga garantida no mata-mata. A incerteza era o Treze, que precisava apenas de um empate para se classificar. O ‘Clássico dos Maiorais’, disputado no Estádio Amigão, em Campina Grande, teve um primeiro tempo equilibrado e sem gols. O clima esquentou na etapa final e algumas oportunidades de gol foram criadas, porém todas elas sem sucesso.
Santa Cruz x CSP
O CSP entrou com a missão de vencer o já eliminado Santa Cruz. Caso perdesse ou empatasse com time de Santa Rita, o CSP teria que contar com um tropeço do Esporte de Patos para se classificar. O CSP abriu o placar ainda no segundo minuto do primeiro tempo, com Felipe. Aos 28, de pênalti, Bruno Paraíba aumentou a vantagem. Três minutos depois, Isaías diminuiu para o Santa. O segundo tempo não teve gols.
Sousa x Atlético
O Sousa também pegou um time que já não tinha chance de classificação, mas precisava vencer e torcer por uma derrota do Paraíba ou Auto Esporte. Apesar de parecer bem cansado, o Sousa conseguiu abrir o placar ao final do primeiro tempo, em pênalti cobrado por Manu. Na primeira etapa, o Atlético não criou oportunidades de gol. Porém, aos 14 minutos da segunda etapa, Douglas deixou tudo igual no Estádio Marizão. Minutos depois, Manu marcou o segundo e reascendeu as esperanças do Dinossauro. Aos 30 minutos, Reginaldo ampliou a vantagem para o Sousa e concretizou a classificação do clube.
Paraíba x Esporte
O Paraíba de Cajazeiras precisava apenas vencer para seguir com o sonho do título na Série A, enquanto o Esporte de Patos dependia da própria vitória e de um fracasso do CSP. Logo no início da partida, que aconteceu no Estádio Perpetão, em Cajazeiras, o médico precisou se ausentar do estádio e o jogo foi paralisado. O confronto foi retomado aos 15 minutos e seguiu morno até o fim da primeira etapa, quando Ramon marcou para o Paraíba. No segundo tempo, aos 25 minutos, França ainda aumentou para o Paraíba.
Fonte: Portal Correio