Screenshot_2016-01-27-13-58-18-1O estado da Paraíba continua sendo o segundo com maior quantidade de casos sendo investigados, ao todo 497.
Do número total, 181 casos já foram descartados e outros 31 foram confirmados (Foto: Divulgação)
De acordo com o Boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (27), o Brasil já soma 4.180 casos suspeitos de microcefalia registrados até 23 de janeiro. Na Paraíba, desde o início das investigações, já foram notificados 709 casos suspeitos.
O estado da Paraíba continua sendo o segundo com maior quantidade de casos sendo investigados, ao todo 497. Do número total, 181 casos já foram descartados e outros 31 foram confirmados. O estado com maior número de casos em investigação é Pernambuco, que concentra 1.125. Os outros estados que se destacam com número de casos em investigação são Bahia (471), Ceará (218), Sergipe (172), Alagoas (158), Rio Grande do Norte (133), Rio de Janeiro (122) e Maranhão (119).
De acordo o informe, os 4.180 casos noticiados, desde o início das investigações no dia 22 de outubro do ano passado – foram registrados em 830 municípios de 24 unidades da federação. A região Nordeste concentra 86% dos casos notificados.
Também já foram notificados 68 óbitos por malformação congênita após o parto (natimorto) ou durante a gestação (abortamento espontâneo). Destes, 12 foram confirmados para a relação com infecção congênita, todos na região Nordeste, sendo 10 no Rio Grande do Norte, um no Ceará e um no Piauí. Continuam em investigação 51 mortes e outras cinco já foram descartadas.
Via – Click PB