• Screenshot_2015-12-14-13-41-44-1Familiares e amigos participam do enterro de Nogueira, no Cemitério de Irajá (RJ)
Um jovem foi morto na noite deste sábado (12) em Engenho da Rainha, na zona norte do Rio de Janeiro, quando saía para comemorar o aniversário com a família. Segundo a Polícia Civil, Raphael Gonçalvez Nogueira, 28, passava pela Avenida Pastor Martin Luther King com a esposa, a mãe e uma irmã quando teve o carro cercado por volta das 21h20. Mesmo sem reagir, ele foi atingido nas costas e morreu no local. Os criminosos fugiram sem levar nada.
Em entrevista ao telejornal “Bom Dia Rio”, da TV Globo, a mãe de Nogueira, que preferiu não se identificar, disse que o filho pediu aos criminosos que não atirassem. “Os caras já saíram do carro com a arma em punho. Minha nora gritava ‘calma, calma, calma’. Quando [ele]foi abrir o vidro, o celular caiu, ele se abaixou e os bandidos começaram a atirar”, conta. “Ele gritava: ‘Para, para, pelo amor de deus, hoje é meu aniversário'”.
Juliana Pimenta, 30, mulher de Raphael, levou quatro tiros e está internada em estado grave no Hospital da Terceira Ordem, na Tijuca, também na zona norte da cidade.
A Delegacia de Homicídios instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte. Uma perícia foi realizada no veículo e testemunhas foram ouvidas. A polícia aguarda agora a alta médica de Juliana para que ela possa prestar depoimento.
Nogueira foi enterrado nesta segunda-feira, às 10h, no Cemitério de Irajá. Ele estava casado há apenas dois meses.
Via – UOL