DSC_0241
Operação Charada – sinônimo de enigma, quebra-cabeça (Foto: Joab Freire / Nordeste1)

Sete pessoas foram detidas durante Operação Charada (sinônimo de enigma, quebra-cabeça), desencadeada pelas Polícias Militar e Civil, na madrugada desta quinta-feira (12) nas cidades de Pirpirituba, Sertãozinho, Duas Estradas e Serra da Raiz, no Brejo da Paraíba.

De acordo com o delegado da 8ª Seccional de Polícia Civil em Guarabira, Wallber Virgolino, o objetivo da operação foi desarticular e prender uma quadrilha especializada em assaltos, furtos, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores, que atuam nas referidas cidades.

Em Sertãozinho, a polícia prendeu Maciel Ricardo Azevedo, vendedor, de 20 anos, Clemilson Francelino Domingos, soldador, de 25 anos, José Levi Iria da Silva, agricultor, de 18 anos, Charliston de Andrade Silva, tatuador, de 41 anos, Daniel Alves Pereira Neto, de 27 anos, Railson Francisco da Silva, de 19 anos e seu pai, o senhor Francisco de Assis da Silva, agricultor, de 43 anos.

Material apreendido

Uma moto estava entre os materiais apreendidos na Operação. Uma certa quantidade de substância semelhante a maconha, dinheiro e um moto Honda Fan 150, cor preta com restrição de roubo/furto.

Ao todo, 100 policiais entre militares e civis participaram da operação que buscou o cumprimento de 19 mandados de busca apreensão e prisão.

As investigações foram feitas pelo delegado de Polícia Civil Fábio Facciolo, sob a coordenação do delegado seccional Wallber Virgolino. Em troca, os menores usavam a droga gratuitamente e com concessão uso de motocicletas roubadas pela quadrilha.

Fonte: Pedro Júnior, com Joab Freire do Nordeste1