imagemddO trabalho realizado pelas Polícias Civil e Militar na 8ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), que tem como sede a cidade de Guarabira, registrou nos primeiros seis meses de 2015 redução de 17,1% no número de homicídios, em relação ao mesmo período do ano passado, saindo de 41 casos para 34. Por conta disso, a Aisp ganhou o prêmio Paraíba Unida pela Paz, pelos melhores resultados tanto em números absolutos quanto em percentual.

A 8ª Aisp abrange 25 municípios localizados na região do Brejo paraibano. Desde o começo do ano a gestão da Segurança Pública na área tem focado em operações policiais que resultam em quadrilhas desarticuladas e criminosos presos. “Quando assumi a delegacia seccional, tracei um plano operacional em que realizaríamos uma operação policial por semana, sempre em uma cidade diferente e visando desarticular quadrilhas de criminosos envolvidas em tráfico de drogas, porte ilegal de armas, crimes patrimoniais e contra a vida. Aos poucos o nosso método foi gerando resultados”, disse o delegado titular da 8ª DSPC, Walber Virgolino.

Trabalhando sempre em conjunto com a Polícia Civil, o tenente coronel Arilson Valério, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), destaca a importância das operações integradas. “O planejamento da segurança na área é muito bem pensado. Os locais, o foco de apreensões e prisões são organizados e delimitados em reuniões prévias com o delegado seccional Walber Virgolino. Sabendo dessa atuação policial, os criminosos recuam e pequenos pontos de venda de drogas e armas são fechados, trazendo mais tranquilidade à população do Brejo”, disse o comandante do 4º BPM.

As ações realizadas na região acontecem sempre na quinta-feira e em uma cidade diferente que faz parte da Aisp, por isso são conhecidas como ‘Quinta-Feira da Operação’. “Nessas abordagens cumprimos mandados de prisão e de busca e apreensão. Recolhemos armas, drogas e outros materiais que são usados por criminosos. Quando realizamos as ações, pontuamos quadrilhas e evitamos que os criminosos migrem para cidades pequenas e zona rural. Só este ano apreendemos mais de dez quilos de drogas (crack e maconha). Nosso intuito é agora realizar operações de grande porte”, revelou o delegado Walber Virgolino.

‘ENCRUZILHADA’ – A última ação das Polícias Civil e Militar no Brejo foi realizada nas cidades de Araruna e em Cacimba de Dentro, no último dia 9 de julho. Na operação foram presas sete pessoas e apreendidos vários materiais. O objetivo foi desarticular uma quadrilha envolvida no tráfico de drogas, crimes patrimoniais e ainda no comércio de armas de fogo e munições.

Secom