3d-golden-star-5047364As vésperas de completar 50 anos de existência, a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) ganhou uma nova identidade visual. O novo logotipo da Instituição foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Universitário (Consuni) da Instituição, em reunião realizada nesta segunda-feira (22), sob a presidência do reitor Rangel Junior.
Na reunião, realizada no auditório da Biblioteca Central, no Câmpus de Bodocongó, os conselheiros tiveram a oportunidade de conhecer detalhes da nova marca, criada por uma comissão formada por profissionais do quadro de funcionários da UEPB, composta por jornalistas, designers, publicitários e webdesigners. A nova marca tem as cores da Paraíba e substituirá a marca atual.
Ao defender a criação do logotipo, o reitor Rangel Junior lembrou que ao longo da história as grandes empresas e instituições trocaram suas marcas diversas vezes, adaptando-as ao novo tempo e realidade. Ele lembrou que, historicamente, as universidades criaram brasões originados da idade média como instrumento de propaganda e que representavam as famílias e os clãs.
Nesse sentido, a Universidade Regional do Nordeste (URNE), oriunda da Fundação Universidade Regional do Nordeste (FURNE) e que se transformou na Universidade Estadual da Paraíba, tinha o seu brasão, que foi mantido pela UEPB, preservando a tradição herdada da URNE. Mas devido a um problema judicial, a Instituição ficou impedida pela FURNE de usar essa marca por 10 anos.
O reitor explicou que ainda tentou negociar com a FURNE a possibilidade de autorizar o uso do brasão, mantendo assim as cores atuais, o que foi negado. Diante do impasse, a Reitoria resolveu propor a criação de uma nova identidade visual da UEPB, em um projeto mais amplo, usando as cores da bandeira da Paraíba. Uma comissão foi designada pelo Reitor para fazer esse trabalho.
A nova marca da UEPB foi inspirada em uma “lamparina”, representando a luz do conhecimento, e venceu uma enquete realizada através do portal da Instituição. Das mais de 18 ideias que surgiram ao longo do processo, três foram escolhidas para votação pública, sendo eleita a que mais representa a tradição e história do povo paraibano.
Ao explicar a ideia, o designer Carlos Nacre destacou que a equipe responsável pela criação usou uma lamparina como símbolo para mostrar como a luz do ensino e do conhecimento interfere positivamente na vida das pessoas. As chamas presentes no logotipo, segundo ele, representam os três pilares da Instituição: ensino, pesquisa e extensão. Para desenvolver o projeto, foi usada a fonte Ubuntu. “É uma marca mais equilibrada e representa o povo paraibano com muito mais consistência e com mais realidade”, frisou Carlos.
A partir da aprovação do novo logotipo, a equipe de Comunicação da UEPB, juntamente com profissionais da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC), irá desenvolver as normas de padronização da identidade visual da UEPB, a ser aplicada em páginas virtuais de pró-reitorias, centros de ensino e demais setores institucionais, bem como o manual de uso da marca para os diversos tipos de aplicações.
Texto: Severino Lopes – UEPB