Brincadeira de mau gosto, magia negra ou simplesmente desrespeito? Ninguém sabe dizer o que possa ter levado uma pessoa a deixar uma cruz de cemitério na porta do prefeito de Picuí Olivânio Remígo (PT) na madrugada desta quarta-­feira (18).

Localizada no bairro monte santo, a casa de Olivânio fica por trás do cemitério do bairro. Segundo informações apuradas pela nossa redação de uma fonte próxima ao prefeito, para que a identificação da cova ou túmulo não fosse revelada, a mesma pessoa que roubou a cruz raspou o nome gravado nela. O fato gerou revolta na população que viu a falta de respeito tanto para com o prefeito assim como para a família que teve o túmulo de um ente querido violado.

O prefeito Olivânio se manifestou por meio de uma rede social dizendo o seguinte: “O ódio e a inveja não passarão! A cada dia, busco forças em Deus para governar esse município com zelo e honestidade, mesmo tendo aqueles que só querem o mal!”. Essa já é a segunda vez que o prefeito eleito com 6.455 votos (1.128 de maioria) no pleito de 2016 passa por uma retaliação de quem não aceitou o resultado das urnas.

No dia de sua vitória, o mesmo sofreu uma tentativa de arrombamento em sua casa quando estava apenas ele, sua esposa e seus dois filhos no local. Na época foi registrado um Boletim de Ocorrência e o prefeito teve que dormir fora de casa para sua segurança e de sua família.

Via – Diário do Curinataú