José-Maranhão-10

Sem a conclusão da Transposição do Rio São Francisco, a Paraíba pode viver um estado de calamidade pública. O alerta foi feito nesta sexta-feira (16), pelo senador José Maranhão (PMDB-PB), durante entrevista à Rádio Tabajara FM.

Maranhão externou preocupação diante previsão de estiagem por mais dois anos e a lentidão da obra. “A natureza não consulta ninguém para ser como é”.

José Maranhão alertou também que a água do açude Epitácio Pessoa, o Boqueirão em Campina Grande, já não estaria própria para o consumo humano e só é utilizada por conta da situação de emergência que já vivemos.

“Mesmo diante das dificuldades financeiras que o país atravessa, se o Governo Central quiser, emprega o ritmo necessário para concluir a obra. Enquanto isso nós rezamos para que a previsão esteja errada”, apelou.

Via – MaisPB