A cidade registrou até esta quinta-feira (28), 128 casos de COVID-19. Imagem: Internet

A Prefeitura de Mamanguape decidiu nesta quinta-feira (27) pela suspensão das feiras livres do sábado e domingo, realizadas respectivamente nos bairros do Centro e Areial, bem como a feira do Distrito de Pitanga da Estrada. A medida foi tomada após reunião do Comitê Gestor de Crise da COVID-2019, devido ao aumento substancial do número de casos e ao avanço do coronavírus na cidade.

O município também resolveu antecipar 03 (três) feriados para aumentar a adesão da população ao distanciamento social que, a despeito de todos os esforços empreendidos pelo município, vem diminuído nas últimas semanas. Os feriados antecipados inicialmente foram Corpus Christi, que neste ano aconteceria na quinta-feira, 11 de junho, e São João e São Pedro, que ocorreriam nos dias 24 e 29 do mesmo mês.

Os feriados foram antecipados para segunda (1), terça (2) e quarta-feira (3) da próxima semana, devendo ser respeitados por todos os órgãos públicos e empreendimentos privados. A medida visa ampliar o número de pessoas que permanecerão em casa, praticando o distanciamento social e assim evitando aglomerações e a circulação de grande número de pessoas no município.

A decisão do município segue na linha daquilo que vem sendo orientado pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Ministério Público da Paraíba (MP/PB), que alertam sobre a necessidade de atuação conjunta para evitar um colapso do sistema de saúde. Outros municípios, a exemplo de Campina Grande, já adotaram medidas semelhantes com a redução da circulação de pessoas e a antecipação de feriados municipais.

As novas medidas estão no Decreto Municipal nº 1486/2020 e, conforme já determinado em decretos anteriormente publicados pelo município, só ficarão abertos os chamados comércios de primeira necessidade, entre eles supermercados, padarias, oficinas, farmácias, material de construção. Contudo, deverão manter os mesmos cuidados de higiene e limpeza e o distanciamento entre as pessoas também já determinados pela legislação vigente.

Da redação com Portalindependente