Didi e Onildinho

Nesta segunda-feira (20) o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) divulgou a lista com 607 gestores públicos da Paraíba com contas reprovadas nos últimos oito anos. A lista foi entregue pelo presidente em exercício do TCE-PB, conselheiro André Carlo Torres Pontes, e pelo corregedor geral, conselheiro Fernando Catão, ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e a Procuradoria Regional Eleitoral da Paraíba (PRE-PB). A entrega cumpre a legislação eleitoral que determina o envio das informações até o dia 5 de julho do ano da eleição.

Leia mais: TCE-PB entrega hoje à Justiça Eleitoral lista com nome de mais de 600 gestores com contas as reprovadas 

Clique aqui e veja a lista completa!

Na lista aparecem os nomes do atual prefeito de Araçagi, José Alexandrino Primo (Didi Braz) e o do ex-prefeito Onildo Câmara Filho (Onildinho), os dois tiveram suas prestações de contas reprovadas pelo TCE-PB. O nome do ex-secretário de saúde do município, Albino José Ferreira Soares também aparece na listagem, ele foi secretário na administração de Onildinho.

De acordo com a Justiça Eleitoral, os gestores e ex-gestores que tiveram suas contas rejeitas pelo tribunal de contas do Estado deverão ser considerados “fichas sujas”, podendo assim ficar inelegíveis durante as eleições municipais deste ano, cabendo ainda recurso caso algum deles ainda tente registrar sua candidatura.

Didi Braz e Onildinho já haviam abrido mão de suas pré-candidaturas para as próximas eleições, cientes de uma possível punição pela Justiça Eleitoral os dois decidiram não colocar seus nomes à disposição dos eleitores araçagienses.

Segundo o corregedor do TCE-PB, conselheiro Fernando Catão, constam na referida lista os nomes dos gestores públicos da Paraíba que tiveram as contas consideradas irregulares pelo colegiado a partir de 5 de julho de 2008 até 16 de junho de 2016. Ela ainda pode ser atualizada até 5 de julho.

“A lista tem todos os gestores que já tiveram as contas reprovadas, cujos processos já tramitaram em julgado, assim como aqueles que tiveram as contas consideradas irregulares e ingressaram com recurso sem efeito suspensivo. A lista será atualizada até a emissão da lista final no dia 5 de julho, a qual ajudará o TRE no processo eleitoral que se avizinha”, afirmou o corregedor.

Da Redação com Assessoria TCE-PB

CONHEÇA NOSSA EQUIPE DE COLABORADORES