O Governo da Paraíba lançou nesta sexta-feira (13), edital para processo seletivo que oferece cinco vagas para residência multiprofissional em pediatria no Complexo de Pediatria Arlinda Marques. As vagas são para graduados em enfermagem, farmácia, fisioterapia e nutrição. 

As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de Janeiro no Centro Formador de Recursos Humanos- (Cefor-RH) no horário das 9 às 11h30 e 14 às 16h, situado no Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, localizado na Av. Dom Pedro II, 1826, Torre, João Pessoa.  Os telefones são 3218-7501 (Secretaria Escolar) e 3214-1732 (Recepção da Direção Geral). Estão sendo oferecidas 2 vagas para enfermeiros, uma para farmacêutico, uma para fisioterapeuta e uma para nutricionista. 

A prova acontecerá dia 11 de fevereiro no Centro de Ciências Médicas da UFPB e terá duração de 4h, das 14 às 18h. O profissional aprovado receberá uma residência no valor bruto de R$ 3.330,43. O início do programa de pós-graduação na modalidade de Residência Multiprofissional em Saúde da Criança (REMUSC) será no próximo dia 6 de março. Confira edital.

Sobre a Residência Multiprofissional em Saúde – Instituída pela Portaria Interministerial Nº 1.077, de 12 de novembro de 2009, que dispõe sobre a Residência Multiprofissional em Saúde e a Residência em Área Profissional da Saúde, e institui o Programa Nacional de Bolsas para Residências Multiprofissionais e em Área Profissional da Saúde.  A Residência Multiprofissional em Saúde constitui modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu destinado às profissões da saúde, sob a forma de curso de especialização caracterizado por ensino em serviço, com carga horária de 60 horas semanais e duração mínima dois anos.

O programa tem ainda, como forte eixo, a necessidade de contribuição para formação de especialistas com mão de obra qualificada na área de saúde da criança, considerando a carência desta qualificação. Para tal, há mobilização e sensibilização dos diferentes profissionais do serviço para o trabalho multidisciplinar e interdisciplinar, visando a humanização e a integralidade do cuidado. Há ainda como benefício o incentivo para os antigos profissionais que buscam reciclagem profissional, já que todos participam do programa de forma direta ou indireta.

Fonte: Primeiras Notícias