CIcYOAwWgAAx0eDPresidente do Corinthians, Roberto de Andrade disse que essa foi uma condição para rescisão do contrato e acerto com o Flamengo.

No término da Copa América, o atacante peruano Paolo Guerrero se apresentará ao Flamengo. Como o Peru avançou às semifinais, o torneio só acabará para a seleção no dia 3 ou 4 de julho. Devido a isso, a data mais provável da estreia do jogador pelo Fla seria dia 12, justamente contra o Corinthians, no Maracanã.

No entanto, isso não deve ser nesse dia que o jogador vestirá a camisa rubro-negra em campo pela primeira. A razão é um acordo entre atleta e diretoria alvinegra, como explicou o presidente Roberto de Andrade no programa “Jogo Aberto”, da Band.

“O contrato do Guerrero com o Corinthians vai até o dia 15 de julho, e no dia 12 enfrentaríamos o Flamengo. Certo que não estou pagando salário. Conversei com seu agente e abrimos mão de seu contrato. O Guerrero teve um problema com a torcida depois do jogo contra o Fluminense e pediu para não jogar contra o Palmeiras. Conversamos, rescindimos o seu contrato e o Flamengo abriu mão de não nos enfrentar. O Sheik é a mesma coisa, temos um acordo, falei com o presidente do Flamengo e ele concordou”, explicou o mandatário.

Apesar do combinado, a diretoria do Flamengo gostaria de promover a estreia do atacante contra o Corinthians e tentará entrar em um acordo com os cartolas adversários.

Depois do duelo do dia 12 contra o Corinthians, o Flamengo volta a entrar em campo no sábado, dia 21, diante o Grêmio, no Maracanã. Se não enfrentar o Timão, a maior probabilidade é que Guerrero estreie nessa partida.

Com a vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia –três gols de Guerrero –, o Peru avançou à semifinal da Copa América e enfrenta o Chile na segunda-feira, às 20h30, em Santiago.

Fonte: esporte.band.uol