O duelo entre Independiente Del Valle e Grêmio, inicialmente marcado para a quarta-feira, válido pela terceira fase da Libertadores, foi transferido pela Conmebol. O clube gaúcho foi impedido de treinar na tarde desta terça, em Quito, no Equador e entrou em contato com a entidade por entender que houve uma quebra de isonomia.

Alexandre Mendes na chegada ao Equador — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

O jogo passou para a próxima sexta-feira e não ocorrerá mais no Equador, mas no Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai. A entidade fez o comunicado na noite desta terça-feira, menos de 24 horas antes da partida.

O Grêmio teve três casos confirmados de Covid-19 desde a última segunda. Dois deles de jogadores que fazem parte da delegação e estão no Equador. As autoridades impediram que o grupo gremista deixasse o hotel para trabalhar, o que gerou a solicitação do Grêmio.

— Hoje à tarde fomos impedidos pelas autoridades locais de realizar o treino conforme os protocolos da Conmebol. A partir do momento que as autoridades impediram, acionamos a Conmebol para tomar as providências. Há uma quebra de isonomia. Arguimos que se fomos proibidos de treinar, não poderíamos ser obrigados a jogar. A Conmebol teve bom senso de determinar a transferência — disse o CEO do Grêmio, Carlos Amodeo, ao ge.

O técnico Renato Portaluppi ficou fora da viagem por apresentar sintomas e testou positivo na segunda. Nesta terça, o clube confirmou também os testes positivos para Vanderson e Paulo Victor, que viajaram com a delegação para Quito.

A delegação gremista está no Equador e deve viajar nesta quarta-feira para Assunção em voo fretado. O clube gaúcho aguarda apenas a confirmação da logística. O Tricolor jogaria no sábado, dia 10, com o Caxias, em jogo atrasado da primeira rodada do Gauchão, mas a partida será adiada.

A Conmebol usou as redes sociais para confirmar a troca de dia e país da partida. A entidade também publicou um comunicado e justifica a mudança com a “falta de resposta das autoridades equatorianas para garantir a realização da partida”.

Fonte: Ge