Screenshot_2016-05-01-16-56-10-1
Mais uma mulher grávida foi flagrada na manhã deste domingo, 01, tentando entrar no presidio de segurança Máxima PB1, em Jacarapé, na Capital, com um aparelho celular escondido nas partes intimas.
Grávida de sete meses, a visitante de 33 anos, é mulher de um detento que cumpre pena por latrocínio, roubo seguido de morte. Conforme o secretário da Administração Penitenciária do Estado, Wagner Dorta, este seria o 18º caso registrado só este ano.
A grávida foi encaminhada a Central de Flagrantes no bairro do Geisel, onde ficará a disposição da Justiça.
Fonte: WSCOM