nualmente, tradicional Cavalgada de Araçagi reúne centenas de cavaleiros e amazonas
Anualmente, tradicional Cavalgada de Araçagi reúne centenas de cavaleiros e amazonas

A tradicional ‘Grande Cavalgada’ de Araçagi está prestes a se tornar Patrimônio Cultural Imaterial da cidade. De autoria do vereador Beto de Paulino (SDD), o Projeto de Lei tem como objetivo preservar o evento e enriquecer a cultura do município. A proposta segue para votação na Câmara de Vereadores.

Projeto é de autoria do vereador Beto de Paulino (SDD) (Foto: Fabiano Lopes)
Projeto é de autoria do vereador Beto de Paulino (SDD) (Foto: Fabiano Lopes)

O projeto foi protocolado nesta terça-feira (31). De acordo com Beto de Paulino, a ideia de tornar a cavalga em patrimônio cultural do município surgiu após conversas com o padre Gaspar Rafael, idealizador do evento. “Araçagi não tem esse reconhecimento da cavalgada como patrimônio histórico. Existem centenas de participantes, e ela, a cada ano, se propaga, cresce e se desenvolve, movimenta o comércio e, consequentemente, a economia local. Quero contribuir com isso, e espero que os colegas vereadores analisem a aprovem o PL”, afirmou o vereador.

No texto que fundamenta a proposta, o parlamentar destaca que o evento já é reconhecido a nível estadual e já faz parte do calendário de eventos turísticos da Paraíba. “A cavalgada alcançou sucesso a ponto de ser criado o Clube dos Cavaleiros e Amazonas e em 2008 passou a integrar o calendário de eventos do estado. Não resta dúvida que foram alcançados patamares, quiçá, nunca pensado pelos seus idealizadores. Por isso, nada mais que justo que eleva-la a condição de Bem Cultural de Natural Imaterial do Patrimônio Histórico do Município de Araçagi”, diz o documento.

Em Araçagi, a cavalgada geralmente acontece no mês de julho e faz parte da programação alusiva ao aniversário de emancipação política da cidade e já existe há quase dez anos. Ainda segundo Beto, o projeto deve ser votado ainda este mês.

Fonte: ManchetePB