David-Berkowitz-_gatonet-20120212134155A Paraíba já tem 44 mil MW/h desviados provocados por ligações ilegais de energia neste ano de 2015, de acordo com levantamento da concessionária de energia do estado, a Energisa.  A energia desviada é suficiente para abastecer 338 mil residências por um mês.

Segundo a Energisa, a maioria dos desvios acontece na Grande João Pessoa, onde 32 mil MW/h já foram desviados, o que daria para abastecer 246 moradias. Todos os dias são registrados casos de furto de energia em todas as classes de consumidores, tanto residencial e comercial.

Em um período de forte crise no país, em que o custo de energia só aumenta, a concessionária explica que este é mais um peso na conta paga por todos que estão usufruindo do serviço de forma regular. Os ‘gatos’ podem gerar processo por furto, dano ao patrimônio, apropriação indébita e fraude, as ligações clandestinas de energia continuam sendo prática comum na Paraíba.

De acordo com assessoria da Energisa, para identificar os ‘gatos’, a empresa realiza um processo de leitura onde é medido o faturamento da empresa, e com as medições automatizadas consegue ver o fluxo de energia que passa pelos condutores no circuito. Se houver uma diferença considerável na comparação, é um indicativo de que uma determinada área possui potencial de furto de energia.

Com os desvios, o estado deixa de recolher milhões em Imposto sobre Circulação em Mercadorias e Prestação (ICMS), que deveriam ser revertido em verba para a saúde, educação e outras áreas.

Fonte: Click PB