grama

ONU alerta que 4 milhões de pessoas correm risco de vida no Sudão do Sul e pede para ter acesso à região. Famílias são obrigadas a comer grama e folhas de árvores para sobreviver, diante da falta de ajuda. (Foto: BBC). Quatro milhões de pessoas no Sudão do Sul estão em risco de morrer de fome, segundo a Organização das Nações Unidas.

A ONU pede para que agências humanitárias tenham acesso a áreas de conflito num esforço para evitar que crianças morram de fome.

Mas em Kaldak, no extremo leste do país, o impacto da guerra civil é evidente. Famílias são obrigadas a comer grama e folhas de árvores para sobreviver, diante da falta de ajuda.

Via – G1