adriano_SyAdzBPImperador desembarca no aeroporto de Las Vegas, onde voltará a defender o Miami United em jogo festivo. Atacante estava no Rio após derrota de 5 a 0 na estreia.
Demorou, mas o Imperador finalmente voltou para os Estados Unidos. Após passar nove dias no Brasil, o atacante Adriano desembarcou no Aeroporto Internacional de Las Vegas na tarde desta sexta-feira (noite, no horário de Brasília), véspera do amistoso contra o Las Vegas City, que contará com Ronaldinho Gaúcho como convidado especial.

Cansado pela viagem de cerca de 16 horas, saindo do Rio de Janeiro com escala no Panamá, o camisa 10 do Miami United pediu educadamente para não conversar com a imprensa, uma vez que participará de uma entrevista coletiva ainda nesta sexta – ao lado de Ronaldinho.

Adriano chegou ao Rio de Janeiro na quarta-feira passada, três dias depois do Miami United ser goleado por 5 a 0 pelo Miami Fusion na estreia oficial do Imperador pela National Premier Soccer League (NPSL, equivalente à Quarta Divisão do país). A versão oficial do clube é que o atleta foi ao Brasil para resolver problemas pessoais, mas a viagem pegou a diretoria e o elenco de surpresa – o Imperador decidiu embarcar na noite de terça, sem dar maiores explicações.

O retorno do atacante aos EUA foi adiado duas vezes. O prazo inicial para a volta era a última sexta, mas Adriano decidiu comemorar o Dia das Mães em sua terra natal, prometendo embarcar na segunda. Porém, o jogador não viajou e prometeu ir na terça, o que também não aconteceu. Apesar do impasse, os organizadores do jogo festivo deste sábado sempre garantiram a realização do evento, que vem sendo chamado de “Duelo de Titãs”.

No Rio, Adriano chegou a dizer a pessoas próximas que não voltaria mais aos Estados Unidos, irritado com a derrota de goleada e pelo fato da diretoria do Miami United não ter conseguido inscrever os outros reforços para a primeira rodada da NPSL – como os brasileiros Rodrigo Alvim, Diego Lima e Camacho. Porém, como há uma alta multa a ser paga caso não aparecesse em Las Vegas para o amistoso, o Imperador decidiu embarcar para a partida. O futuro do camisa 10 no Miami United após o jogo festivo ainda é uma incógnita, apesar do contrato assinado por um ano.

Ronaldinho Gaúcho, por sua vez, chegou a Las Vegas na quinta-feira, depois de participar de um evento no México. Sem clube desde setembro de 2015, quando deixou o Fluminense, o camisa 10 foi o convidado especial pelo Las Vegas City para o amistoso, que marcará a estreia da equipe da cidade famosa por seus cassinos.

Fonte: Globo Esporte