148495,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Polícia Militar informou que ninguém se pronunciou como testemunha do assassinato e que a autoria do crime e as possíveis motivações ainda eram desconhecidas.

Um homem de 30 anos, proprietário de uma loja de celulares no município do Conde, na Grande João Pessoa, foi morto a tiros dentro do próprio estabelecimento, na manhã deste domingo (1º), por volta das 10h.

Segundo o Sargento Dantas, da Polícia Militar do Conde, ninguém se pronunciou como testemunha do assassinato. “Aqui impera a lei do silêncio”, disse o oficial. A PM ainda não tinha suspeitas sobre quem poderia ter cometido o crime e quais seriam as motivações.

Agentes do Instituto de Polícia Científica realizavam perícia na cena do crime no momento da apuração do Portal Correio. Após o levantamento dos dados necessários, o corpo da vítima seria direcionado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa, no bairro Cristo Redentor, Zona Oeste, onde ficaria à disposição de familiares.

Fonte: Portal Correio