Durante um encontro com os governadores dos estados brasileiros, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que a vacinação contra o novo coronavírus deverá ser iniciada em janeiro de 2021. A reunião aconteceu nesta terça-feira (20), por meio de videoconferência e contou com a participação do governador da Paraíba, João Azevêdo.

                                                Foto: Chico Ribeiro

“O Brasil terá uma vacina segura, registrada pela Anvisa dentro de um grande plano nacional de imunização e a vacina vai chegar a todos os brasileiros”, assegurou o ministro.

Produção da vacina

A reunião foi marcada por apresentações da Fiocruz e do Instituto Butantan acerca da produção de doses das vacinas contra a Covid-19 que serão disponibilizadas à população brasileira. A Fiocruz deve produzir 210,4 milhões de doses em 2021 e o Butantan deve disponibilizar, inicialmente, 46 milhões de doses da vacina que serão adquiridas pelo Ministério da Saúde.

Já a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) explicou os critérios que serão levados em consideração para liberar as vacinas, e representantes do Ministério da Saúde detalharam a elaboração da estratégia de vacinação contra a doença e a aquisição de seringas. No encontro, os Estados garantiram recursos humanos qualificados, o armazenamento e a segurança das vacinas.

Fonte: Portal Correio