20160922_093618
Funcionários se reuniram na Câmara Municipal. Imagem: PA

Vários funcionários da prefeitura de Araçagi, participaram na manhã desta quinta-feira (22), de uma assembleia na Câmara municipal para discutir as retiradas de direitos que o governo Temer tenta  impor no País, bem como avaliar a situação atual dos funcionários no município. A reunião foi convocada pelo Sindicato Unificado dos Servidores Públicos do Brejo (SINDSERVM) e reuniu dezenas de trabalhadores da administração municipal e estadual.

De acordo com a Presidente do Sindicato Ida Maria, “Fomos mais uma vez protestar pelos direitos negados dos servidores e ao mesmo tempo apresentar para os senhores gestores que estamos unidos e fortes cada dia mas… sempre na luta pelos direitos do trabalhador”. A pauta apresentou a possível Lei da mordaça; Reforma da previdência; PEC 245, entre outros projetos de lei que começam a ser discutido na capital federal. Um dos pontos que também foi apresentado trata da mudança de regimento. O município é regido pelo celetista, mas alguns documentos do INSS, já consideram os funcionários de Araçagi como estatutário.

A assembleia fez parte do dia nacional de paralisação, organizado pelas centrais sindicais  (CTB, CUT, FORÇA SINDICAL, UGT, NOVA CENTRAL  E INTERSINDICAL) e que teve a adesão de várias categorias profissionais.

Da redação PortalAraçagi