Sangue caseiro ou sangue artificial.
​Duas pessoas foram assassinadas a tiros e facadas na noite deste sábado (26) e madrugada de domingo (27), na Paraíba. Os crimes foram registrados nos municípios de Aroeiras e Alagoa Nova, no Agreste do estado.

O primeiro caso, registrado em Aroeiras, ocorreu por volta das 20h40 (horário local). Segundo informações da polícia, um homem de 43 anos foi executado com 14 disparos de arma de fogo, sendo dois nas costas, um no braço esquerdo e os outros nas nádegas e nas pernas.

Ainda conforme a polícia, testemunhas informaram que os disparos foram ouvidos depois que dois homens em uma moto preta chegaram ao local. Familiares ouvidos pela polícia informaram desconhecer o que poderia ter motivado o crime e afirmaram que a vítima era uma pessoa tranquila e que não possuía inimigos. Os suspeitos do crime ainda não foram identificados.

No segundo caso registrado, às 1h10 deste domingo, no município de Alagoa Nova, um jovem de 22 anos foi esfaqueado. Ele chegou a ser socorrido, mas, segundo a polícia, morreu a caminho do hospital. De acordo com a polícia , o crime aconteceu após uma discussão em um bar na zona rural da cidade.

Segundo informações de testemunhas à polícia, o suspeito do crime chegou ao local e desferiu os golpes de faca contra a vítima sem que tivesse ocorrido nenhuma discussão no local. Após o crime, o suspeito fugiu e até as 7h deste domingo ainda não havia sido localizado.

Via -Diário do Cariri