Neste domingo (31), a Igreja Católica celebra o dia de Pentecostes. Na Arquidiocese da Paraíba, tradicionalmente acontece uma celebração que reúne milhares de pessoas no Ginásio Ronaldão, em João Pessoa. Porém, com a pandemia de coronavírus, esta celebração não acontecerá como nos últimos anos. O Arcebispo da Paraíba, Dom Manoel Delson, emitiu uma carta aberta convocando os fieis a intensificarem as orações em casa e acenderem uma vela na janela, às 18h, em sinal de unidade. Nas igrejas, os sinos irão tocar por 5 minutos ao meio-dia.

Na carta, Dom Delson lamenta o distanciamento, mas reforça que ele é necessário para salvaguardar as vidas, já que os números de infectados com o novo coronavírus não param de crescer no estado. Leia a íntegra da carta.

“Este ano, devido à pandemia que atravessa de modo avassalador toda humanidade, não podemos estar fisicamente unidos. Por isso, com sentido de profunda responsabilidade humana e pastoral, seguimos no cumprimento estrito das orientações das autoridades de saúde, que orientam a evitar aglomeração de pessoas. Se para o meu coração de pastor é muito doloroso não poder ver e abraçar cada um de vocês, é meu dever também não ignorar que a vida, em todas as suas circunstâncias, é um bem absoluto que devemos preservar. Como povo pela vida sofremos com esta ausência física, mas sabemos que os laços de fé que nos unem não se quebram, antes se fortalecem, pois como nos recorda S. Paulo, ‘o Espírito Santo vem em auxílio da nossa fraqueza’ (Romanos 8, 26)”, diz um trecho da mensagem.

Celebração de Pentecostes
Para celebrar Pentecostes, a Arquidiocese realizará um Tríduo, transmitido pelo canal no Youtube e pela página no Facebook. De quinta a sábado, às 20h, um momento celebrativo será conduzida por padres e leigos e poderá ser acompanhado por todos, através da internet. A gravação ficará disponível para download no site e redes sociais da Arquidiocese.

Já no domingo, dia de Pentecostes, acontece a Santa Missa com o Arcebispo, às 9h, transmitida pelo Facebook da Arquidiocese. Neste dia, às 12h, os sinos das igrejas irão tocar por 5 minutos. Às 18h, todos são convidados a acenderem uma vela nas janelas das casas e rezarem em unidade pelo fim da pandemia.

Fonte: Portal Correio